vídeos

Priminho mamando o primão dormindo

Priminho mamando o primão dormindo. Assista vídeo com primo novinho caindo de boca até tomar porra quente do pau do primão. Leia conto erótico gay.

A noite na casa do Primo Hétero

Bom, este é meu primeiro conto. Este conto é verídico e aconteceu ano passado. Sou Moreno, não tão alto, tenho olhos castanhos,sou bi, e muito discreto.

Certo dia estava em casa estudando para uma prova, e de repente recebo a ligação de um primo chamando para beber, e se reunir com outro primo na casa dele. Pensei se iria pois precisava estudar, porém resolvi ir.

Chegando na casa dele começamos a beber e logo percebi que um dos meus primos estava muito bêbado já, pois havia passado o dia bebendo e já era noite.

Esse primo passou a ser a diversão da noite, rimos muito com as coisas que ele fala e fazia. Eu nunca pensei que pudesse rolar algo entre nós, até porque outras vezes ele já havia dormido na minha casa mais nada rolou.

Durante algumas conversas risadas e brincadeiras, meu primo que estava muito bêbado disse que meu saco era muito grande, mais isso na brincadeira e todos rimos. Passava das 2 horas quando resolvemos encerrar, e como já estava muito tarde achamos melhor que eu ficasse por lá mesmo, apesar de morarmos perto uns dos outros.

Porém na casa desse primo onde estávamos bebendo não havia cama livre, e logo meu primo que estava super bêbado ofereceu a casa dele, pois lá haveria,logo topei e fomos.

Chegando lá ele pegou um colchão e colocou do lado de sua cama, antes de dormir tomamos banho e quando ele estava trocando de roupa só de cueca também aproveitei pra tirar uma brincadeira dizendo que ele também tinha um saco grande e logo dei uma pegada no saco dele, ele riu, e fomos dormir.

Quando entramos no quarto percebi que ele havia trancado a porta, pois não estávamos só em casa. Na hora de deitar resolvemos colocar o colchão dele no chão também e assim dormiríamos um do lado do outro.

Antes de dormir conversamos, rimos,e nesses momentos eu já aproveitava pra passar a mão aqui, ali, estávamos já um no colchão do outro,porém sem acontecer nada apenas conversando e rindo com ele que estava muito bêbado.

Do nada resolvemos que já deveríamos dormir, e ele me agarra e brinca que vai dormir de conchinha e eu logo digo que não sou a namorada dele, e que ele procurasse ela pra dormir assim. Porém eu já estava com o pau super duro com toda essa situação.

De repente sinto que ele me agarra mas forte e pega no meu pau, pronto foi o que eu precisava para começar tudo, pois antes estava com medo de agir e ele não querer.

Nisso me viro e começamos a nos beijar, e que beijo, sentir sua barba por fazer roçando no meu pescoço, foi muito gostoso. E comecei a morder sua orelha ele a minha, fui descendo a minha boca pela sua barriga que estava toda depilada.

Até chegar no seu pau que estava meia bomba, chupei com maestria aquele pau, e ele começou a gemer alto, logo voltei a beija-lo e pedi pra ele para de gemer alto, pois alguém poderia ouvir.

Nesse momento peço pra ele me chupar também, achava que ele não aceitaria, mas ele nem se negou e começamos um 69 bem gostoso. Passamos cerca de uma hora um chupando o outro, comecei a pegar em sua bunda que é muito durinha e gostosa, mas nesse momento ele se negou.

Mesmo assim eu ainda insistir passando um dedinho no seu rego, ficamos ali por mais algum tempo nos beijando e um chupando o outro, até que ele estava muito bêbado e do nada percebo que ele já estava dormindo.

E virei pro meu lado e dormir também. Apesar de não ter sido um transa completa, foi muito gostosa e cheia de caricias. No outro dia quando acordei estávamos nu e logo pedi pra ele vestir a roupa, eu também me vestir. E depois disso não tocamos mais no assunto, a não ser uma vez quando estávamos numa praia e prometemos fazer uma segunda vez, porém até agora nada e desde esse dia não tivemos ainda a oportunidade de ficar só.
Espero que gostem do conto, depois publicarei mais algumas aventuras.

Texto reprodução / original:  Contos Eróticos